images

10 dicas para não errar na escolha do tapete

Postado em: Tapetes

10 dicas para não errar na escolha do tapete   

 

Mais do que um simples acessório, o tapete é um item que oferece conforto, imprime charme e personalidade e ajuda a aumentar ou diminuir o ambiente, pois atua como um delimitador de espaço. Mas um tapete mal escolhido ou mal colocado pode ter efeito contrário, gerando sensação de desleixo no ambiente.

Seguindo a tendência estampas geométricas estão no topo da lista de desejo, assim como cores fortes, estampas geométricas, florais, listrados e desenhos orientais, não perderam o seu lugar.

No entanto, esses modelos podem enjoar fácil depois de um tempo. Nesses casos, a dica é aproveitar que o tapete é uma peça fácil de ser trocada e variar um modelo liso com algum estampado.

 

Dicas para não errar na escolha do tapete


  1. Forma


Modelo redondo deve ser usado em espaços descontraídos e são uma boa opção para ambientes menores, com pouco espaço. O modelo retangular, mais reto, é ideal para as salas de jantar e de estar.

 

  1. Cor


Podem ser usadas cores e estampas diferentes, ousando nas combinações, mas é necessário usar o bom senso. Prefira mesclar estampas, que tenham tons semelhantes e combine cores móveis de cor neutra com tapetes mais estampados (e vice versa).

 

  1. Textura


Para os quartos e sala de descanso, use modelos mais altos e fofinhos, já para o banheiro, sala de jantar e cozinha, prefira usar os mais baixos e práticos, pois sujam com facilidade. Se você tem animal de estimação em casa, escolha tapetes antialérgicos e de material não áspero.

 

  1. Fazendo a manutenção


Para maior durabilidade, é importante não esquecer da limpeza e cuidados. Para a limpeza mais periódica, use aspirador de pó e, se precisar tirar alguma mancha, apenas detergente neutro. Para a limpeza mais profunda, prefira  uma lavanderia ou profissional especializado.

 

 

A escolha de acordo com o ambiente


  1. Sala


Reserva a melhor escolha e o maior tamanho para esse espaço, mas fique atento para não exagerar: por regra o tamanho deve ultrapassar o sofá em, pelo menos 10 cm, porém não muito mais que isso para não deixar o tapete parecendo um carpete. A peça maior, que permite que todos os móveis fiquem em cima, oferece a sensação de maior extensão. Já uma menor, que não agrega todos os móveis, dá o efeito inverso.

Materiais como seda, lã, algodão e fibras vegetais são boas escolhas.

 

  1. Sala de jantar


Dois motivos para ter um tapete nesse ambiente: estabelecer uma moldura para a mesa e facilitar o movimento das cadeiras. Para escolher o tamanho, o acessório deve ser maior que o tampo da mesa de jantar em 70 cm a 1 m, de forma que nenhum pé das cadeiras fique para fora.


  1. Quarto


É o item perfeito para oferecer aconchego ao ambiente e deve ter uma textura gostosa ao toque, como seda ou fios de nylon (de até 30 cm).

 

  1. Closet


Normalmente é um espaço onde se fica descalço, portanto é bom escolher um tapete que cubra todo o chão e que seja muito confortável ao pisar.

 

  1. Banheiro


O espaço exige modelo sintético e lavável. O formato vai depender do tamanho do ambiente, mas a dica é escolher apenas um item que preencha a área central de circulação.

 

 

  1. Cozinha


Por praticidade e higiene, prefira um material sintético e de fácil lavagem. O modelo deve ser do estilo passadeira, com tamanho para cobrir a área da pia e do fogão.

 

Gostou das dicas? Qual a sua maior dificuldade na hora de escolher um tapete?

SEU MUNDO TRANSFORMADO PELO DIGITAL A comunicação da sua marca precisa ser constantemente repensada. Afinal, o seu cliente está atento as transformações promovidas pela web e, principalmente, pelas redes sociais. Por isso, ter presença online tornou-se tão importante quanto um endereço. Nós, da agência Superlativa, estamos sempre atentos às novidades do mundo virtual para que o seu site e sua marca destaquem-se com sucesso na era digital.

Comentários

Deixe seu comentário